ao.toflyintheworld.com
Novas receitas

36 horas no Jura Slideshow

36 horas no Jura Slideshow


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Comté em Fort St. Antoine

Semelhante ao Gruyère, o Comté é um tipo de queijo de leite de vaca cru com um sabor adocicado de nozes. Uma roda do Comté pesa cerca de 80 libras e leva cerca de 530 litros de leite para ser criada. Para atingir a sua textura e forma, o Comté envelhece por um período de 10 a 14 meses.

Baumes les Messieurs

Baumes les Messieurs é uma vila de vales verdejantes em Jura. A área oferece trilhas para caminhada, falésias para explorar e locais para camping.

O melhor de Château-Chalon

Château-Chalon é a origem designada dos vinhos produzidos no Jura. Esses vinhos são criados usando apenas uma variedade de uva, a uva savagnin. As uvas savagnin em vin jaune são envelhecidas em barricas de carvalho por um período de seis a 10 anos.

Casting Comté na La Maison du Comté

Localizado em Poligny, o La Maison du Comté oferece aos hóspedes uma visão interna das origens do queijo Comté e como ele é feito. O passeio custa cerca de € 4 e termina com uma saborosa degustação de Comté.

Boliche caseiro em la Petite Échelle

Auberge la Petite Échelle é uma pousada pitoresca em Jura que já foi um convento e agora é frequentada por pastores e caminhantes de neve. A "pousada" é ecológica e inclui um banheiro de compostagem, yurts gigantes e uma pista de boliche caseira. O custo de uma noite de estadia é de 16 €.

Rösti e Salsicha no Auberge la Petite Échelle

Auberge la Petite Échelle oferece uma variedade de pratos franceses autênticos. Os comensais podem se deliciar com pratos como uma panela borbulhante de fondue Comté salpicado de erva e pimenta rosa, e o tradicional rösti suíço coberto com rodelas daquela rústica salsicha Morteau,

Norbert Bournez em Auberge la Petite Échelle

Norbert Bournez é o dono da Auberge la Petite Échelle, uma fazenda na montanha que foi adquirida pela família Bournez em 1987. Durante seis meses do ano, Norbert e sua família vivem no albergue.

Curso de Queijo na Hostellerie St.-Germaine

Além dos pratos de queijo, o restaurante do Hostellerie St.-Germaine também serve linguiça Morteau, cordeiro, fois gras, peixes do rio e outros frutos do mar. Outras características do hotel incluem seleções de vinhos Jura e um terraço com sombra para comer ao ar livre no verão.

Domaine Macle

Domaine Macle é um ótimo lugar em Château-Chalon para saborear o sabor característico do vinho vin jaune. O preço médio de uma garrafa de Domaine Macle é de US $ 41.

Fort St. Antoine

O Fort St. Antoine é um antigo forte militar que foi convertido na década de 1960 em um depósito de envelhecimento de queijo. O queijo dentro do armazém é deixado para envelhecer por 13 a 18 meses para atingir seus ricos perfis de sabor.

Le Grand Jardin

Le Grand Jardin é um hotel e restaurante localizado na região de Baume Les Messieurs. O menu oferece delícias como truta do lago fresca e salada de avelã selvagem e linguiça Morteau ao molho de queijo Comté e vinho savagnin.

Vida em Jura

Jura possui uma paisagem pitoresca perfeita para atividades de verão, como vela, caminhadas e camping. Os vales também são salpicados de lagos e cachoeiras para nadar e pescar.

Salin Les Bains

Salin Les Bains é uma região do Jura que abriga uma lendária mina de sal do século 18 que agora é um museu histórico sobre o artesanato de mineração de sal. Outras atividades na área incluem caminhadas no Mont Poupet, de 853 metros de altura, parapente e relaxamento no spa.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que levante, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhado e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de fatiar.

para imprimir a receita, clique aqui

Comentários: Quando Txfarmer descreveu esta receita como & # 8220tudo que eu sei em um pão, & # 8221 ela quis dizer isso. Ela assou vários lotes para aperfeiçoá-la e deixou claro que você precisa de uma boa & # 8220 sensação & # 8221 para que a massa obtenha bons resultados. É por isso que o ciclo inicial de alongamento e dobra varia de 2 a 3 horas, dependendo da & # 8216 força & # 8221 (desenvolvimento de glúten) de sua massa. O aumento final na temperatura ambiente também mudará dependendo da temperatura da sua cozinha e de quanto & # 8220lift & # 8221 o starter forneceu durante a fermentação de 24 horas na geladeira. Se você é novo na panificação, principalmente com fermento selvagem, todas essas variáveis ​​são intimidantes. Mas se você assou sua porção de pães de massa fermentada, então considere fazer um lote dessas baguetes, que têm um gosto incrivelmente bom! A migalha está aberta, o sabor surpreendentemente suave, com um componente quase & # 8220 doce & # 8221, difícil de imaginar em uma massa fermentada.

Você deve ter notado que minhas baguetes individuais terminavam com diferentes tipos de crostas. A diferença está em como gerei vapor durante o cozimento. Duas baguetes foram assadas com uma assadeira invertida (ligeiramente úmida) por cima: elas desenvolveram uma crosta bonita e brilhante, com uma cor & # 8220caramelo & # 8221. As outras duas baguetes foram assadas em uma assadeira perfurada, com o vapor vindo da água despejado em uma assadeira de ferro fundido colocada no fundo do forno. Sua crosta é menos brilhante, mas eles tinham mais elasticidade do forno. Meu método favorito é a assadeira invertida, mas tem uma grande desvantagem: só posso assar uma baguete por vez.

Se você sonha em aperfeiçoar baguetes em casa, DEVE experimentar a receita do TxFarmer & # 8217s. Muitos padeiros já o fizeram e ficaram entusiasmados com isso (confira a discussão no The Fresh Loaf Forum clicando aqui).

Estou enviando esta postagem para Susan & # 8217s Yeastspotting event & # 8230

Esta apresentação de slides requer JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de & # 8220sourdough starter & # 8221 com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate & # 8217 que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geléia, dependência o sal e o & # 8220 starter starter & # 8221 à massa e misture até ficar bem homogêneo. A massa sera & # 8217 bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o método de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa Coberta na Gel por 24 horas.

Aposente-se a massa da geléia e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentação. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, and deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que levante, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhado e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de fatiar.

para imprimir a receita, clique aqui

Comentários: Quando Txfarmer descreveu esta receita como & # 8220tudo que eu sei em um pão, & # 8221 ela quis dizer isso. Ela assou vários lotes para aperfeiçoá-la e deixou claro que você precisa de uma boa & # 8220 sensação & # 8221 para que a massa obtenha bons resultados. É por isso que o ciclo inicial de alongamento e dobra varia de 2 a 3 horas, dependendo da & # 8216 força & # 8221 (desenvolvimento de glúten) de sua massa. O aumento final na temperatura ambiente também mudará dependendo da temperatura da sua cozinha e de quanto & # 8220lift & # 8221 o starter forneceu durante a fermentação de 24 horas na geladeira. Se você é novo na panificação de pão, especialmente usando fermento selvagem, todas essas variáveis ​​são intimidantes. Mas se você assou sua porção de pães de massa fermentada, então considere fazer um lote dessas baguetes, que têm um gosto incrivelmente bom! A migalha está aberta, o sabor surpreendentemente suave, com um componente quase & # 8220 doce & # 8221, difícil de imaginar em uma massa fermentada.

Você deve ter notado que minhas baguetes individuais terminavam com diferentes tipos de crostas. A diferença está em como eu gerei vapor durante o cozimento. Duas baguetes foram assadas com uma assadeira invertida (ligeiramente úmida) por cima: elas desenvolveram uma crosta bonita e brilhante, com uma cor & # 8220caramelo & # 8221. As outras duas baguetes foram assadas em uma assadeira perfurada, com o vapor vindo da água despejado em uma assadeira de ferro fundido colocada no fundo do forno. Sua crosta é menos brilhante, mas eles tinham mais elasticidade de forno. Meu método favorito é a assadeira invertida, mas tem uma grande desvantagem: só posso assar uma baguete por vez.

Se você sonha em aperfeiçoar baguetes em casa, DEVE experimentar a receita do TxFarmer & # 8217s. Muitos padeiros já o fizeram e ficaram entusiasmados com isso (verifique a discussão no Fórum do Fresh Loaf clicando aqui).

Estou enviando esta postagem para Susan & # 8217s Yeastspotting event & # 8230

Esta apresentação de slides requer JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de & # 8220sourdough starter & # 8221 com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate & # 8217 que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geléia, dependência o sal e o & # 8220 starter starter & # 8221 à massa e misture até ficar bem homogêneo. A massa sera & # 8217 bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o método de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa Coberta na Gel por 24 horas.

Aposente-se a massa da geléia e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentação. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, and deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que levante, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhado e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de fatiar.

para imprimir a receita, clique aqui

Comentários: Quando Txfarmer descreveu esta receita como & # 8220tudo que eu sei em um pão, & # 8221 ela quis dizer isso. Ela assou vários lotes para aperfeiçoá-la e deixou claro que você precisa de uma boa & # 8220 sensação & # 8221 para que a massa obtenha bons resultados. É por isso que o ciclo inicial de alongamento e dobra varia de 2 a 3 horas, dependendo da & # 8216 força & # 8221 (desenvolvimento de glúten) de sua massa. O aumento final na temperatura ambiente também mudará dependendo da temperatura da sua cozinha e de quanto & # 8220lift & # 8221 o starter forneceu durante a fermentação de 24 horas na geladeira. Se você é novo na panificação, principalmente com fermento selvagem, todas essas variáveis ​​são intimidantes. Mas se você assou sua porção de pães de massa fermentada, então considere fazer um lote dessas baguetes, que têm um gosto incrivelmente bom! A migalha está aberta, o sabor surpreendentemente suave, com um componente quase & # 8220 doce & # 8221, difícil de imaginar em uma massa fermentada.

Você deve ter notado que minhas baguetes individuais terminavam com diferentes tipos de crostas. A diferença está em como eu gerei vapor durante o cozimento. Duas baguetes foram assadas com uma assadeira invertida (ligeiramente úmida) por cima: elas desenvolveram uma crosta bonita e brilhante, com uma cor & # 8220caramelo & # 8221. As outras duas baguetes foram assadas em uma assadeira perfurada, com o vapor vindo da água despejado em uma assadeira de ferro fundido colocada no fundo do forno. Sua crosta é menos brilhante, mas eles tinham mais elasticidade de forno. Meu método favorito é a assadeira invertida, mas tem uma grande desvantagem: só posso assar uma baguete por vez.

Se você sonha em aperfeiçoar baguetes em casa, DEVE experimentar a receita do TxFarmer & # 8217s. Muitos padeiros já o fizeram e ficaram entusiasmados com isso (verifique a discussão no Fórum do Fresh Loaf clicando aqui).

Estou enviando esta postagem para Susan & # 8217s Yeastspotting event & # 8230

Esta apresentação de slides requer JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de & # 8220sourdough starter & # 8221 com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate & # 8217 que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geléia, dependência o sal e o & # 8220 starter starter & # 8221 à massa e misture até ficar bem homogêneo. A massa sera & # 8217 bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o método de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa Coberta na Gel por 24 horas.

Aposente-se a massa da geléia e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentação. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, and deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que levante, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhado e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de fatiar.

para imprimir a receita, clique aqui

Comentários: Quando Txfarmer descreveu esta receita como & # 8220tudo que eu sei em um pão, & # 8221 ela quis dizer isso. Ela cozinhou vários lotes para aperfeiçoá-la e deixou claro que você precisa de uma boa & # 8220 sensação & # 8221 para que a massa obtenha bons resultados. É por isso que o ciclo inicial de alongamento e dobra varia de 2 a 3 horas, dependendo da & # 8216 força & # 8221 (desenvolvimento de glúten) de sua massa. O aumento final na temperatura ambiente também mudará dependendo da temperatura de sua cozinha e de quanto & # 8220lift & # 8221 o starter forneceu durante a fermentação de 24 horas na geladeira. Se você é novo na panificação de pão, especialmente usando fermento selvagem, todas essas variáveis ​​são intimidantes. Mas se você assou sua porção de pães de massa fermentada, então considere fazer um lote dessas baguetes, que têm um gosto incrivelmente bom! A migalha está aberta, o sabor surpreendentemente suave, com um componente quase & # 8220 doce & # 8221, difícil de imaginar em uma massa fermentada.

Você deve ter notado que minhas baguetes individuais terminavam com diferentes tipos de crostas. A diferença está em como gerei vapor durante o cozimento. Duas baguetes foram assadas com uma assadeira invertida (ligeiramente úmida) por cima: elas desenvolveram uma crosta bonita e brilhante, com uma cor & # 8220caramelo & # 8221. As outras duas baguetes foram assadas em uma assadeira perfurada, com o vapor vindo da água despejado em uma assadeira de ferro fundido colocada no fundo do forno. Sua crosta é menos brilhante, mas eles tinham mais elasticidade do forno. Meu método favorito é a assadeira invertida, mas tem uma grande desvantagem: só posso assar uma baguete por vez.

Se você sonha em aperfeiçoar baguetes em casa, DEVE experimentar a receita do TxFarmer & # 8217s. Muitos padeiros já o fizeram e ficaram entusiasmados com isso (verifique a discussão no Fórum do Fresh Loaf clicando aqui).

Estou enviando esta postagem para Susan & # 8217s Yeastspotting event & # 8230

Esta apresentação de slides requer JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de & # 8220sourdough starter & # 8221 com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate & # 8217 que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geléia, dependência o sal e o & # 8220 starter starter & # 8221 à massa e misture até ficar bem homogêneo. A massa sera & # 8217 bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o método de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa Coberta na Gel por 24 horas.

Aposente-se a massa da geléia e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentação. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, and deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que levante, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhado e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de fatiar.

para imprimir a receita, clique aqui

Comentários: Quando Txfarmer descreveu esta receita como & # 8220tudo que eu sei em um pão, & # 8221 ela quis dizer isso. Ela assou vários lotes para aperfeiçoá-la e deixou claro que você precisa de uma boa & # 8220 sensação & # 8221 para que a massa obtenha bons resultados. É por isso que o ciclo inicial de alongamento e dobra varia de 2 a 3 horas, dependendo da & # 8216 força & # 8221 (desenvolvimento de glúten) de sua massa. O aumento final na temperatura ambiente também mudará dependendo da temperatura de sua cozinha e de quanto & # 8220lift & # 8221 o starter forneceu durante a fermentação de 24 horas na geladeira. Se você é novo na panificação, principalmente com fermento selvagem, todas essas variáveis ​​são intimidantes. Mas se você assou sua porção de pães de massa fermentada, então considere fazer um lote dessas baguetes, que têm um gosto incrivelmente bom! A migalha está aberta, o sabor surpreendentemente suave, com um componente quase & # 8220doce & # 8221, difícil de imaginar em uma massa fermentada.

Você deve ter notado que minhas baguetes individuais terminavam com diferentes tipos de crostas. A diferença está em como eu gerei vapor durante o cozimento. Duas baguetes foram assadas com uma assadeira invertida (ligeiramente úmida) por cima: elas desenvolveram uma crosta bonita e brilhante, com uma cor & # 8220caramelo & # 8221. As outras duas baguetes foram assadas em uma assadeira perfurada, com o vapor vindo da água despejado em uma assadeira de ferro fundido colocada no fundo do forno. Sua crosta é menos brilhante, mas eles tinham mais elasticidade do forno. Meu método favorito é a assadeira invertida, mas tem uma grande desvantagem: só posso assar uma baguete por vez.

Se você sonha em aperfeiçoar baguetes em casa, DEVE experimentar a receita do TxFarmer & # 8217s. Muitos padeiros já o fizeram e ficaram entusiasmados com isso (confira a discussão no Fórum do Fresh Loaf clicando aqui).

Estou enviando esta postagem para Susan & # 8217s Yeastspotting event & # 8230

Esta apresentação de slides requer JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de & # 8220sourdough starter & # 8221 com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate & # 8217 que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geléia, dependência o sal e o & # 8220 starter starter & # 8221 à massa e misture até ficar bem homogêneo. A massa sera & # 8217 bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o método de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa Coberta na Gel por 24 horas.

Aposente-se a massa da geléia e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentação. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, and deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

Nos últimos dois anos e meio, tornei-me confortável assando pães rústicos usando fermento selvagem. A baguete, no entanto, me deu aula após aula de humildade. As baguetes são aparentemente simples de preparar, mas se você procura um pão com qualidade parisiense, cada etapa do preparo deve ser perfeita: fermentação em massa, modelagem, revisão final e cozimento. Eu tentei muitas receitas, mas elas nunca corresponderam às soberbas baguetes do 7º Arrondisement, onde morávamos.

Tudo isso mudou durante nossa recente viagem para casa. Eu estava ansioso para assar um pão de massa fermentada em nossa própria cozinha e decidi fazer baguetes de massa fermentada. Segui as instruções detalhadas de TxFarmer, um dos padeiros mais talentosos do The Fresh Loaf Forum, e voila& # 8216, as baguetes do meu próprio forno eram exatamente do jeito que eu & # 8217d esperava & # 8230



TxFARMER & # 8217s 36 HORAS SOURDOUGH BAGUETTES

(receita encontrada no fórum The Fresh Loaf)

150 g de starter de massa fermentada muito ativo (a 100% de hidratação)
425g de farinha multiuso
300g de água fria
10g de sal

Misture a água e a farinha até obter uma massa irregular, cubra e leve à geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, acrescente o starter e o sal à massa e misture até distribuir. A massa ficará muito pegajosa, mas você deve resistir à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, amassando pelo & # 8220 método de esticar e dobrar & # 8221 a cada 30 minutos. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe-a aquecer por 1 a 2 horas & # 8211 você quer que cresça, mas não borbulhe muito, porque isso tornará a modelagem muito complicada mais tarde. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não esvaziar muito. Coloque cada pedaço sobre papel manteiga enfarinhada e deixe descansar por 40 minutos.

Molde cada uma como uma baguete (para um bom tutorial, clique aqui), prova por 30 a 50 minutos e asse com vapor inicial a 460 F por 25 minutos.

Let it completely cool before slicing.

to print the recipe, click aqui

Comments: When Txfarmer described this recipe as “everything I know in one bread,” she meant it. She baked multiple batches to perfect it, and made it clear that you need a good “feel” for the dough to get good results. That’s why the initial stretch and fold cycle varies from 2 to 3 hours, depending on the ‘strength” (gluten development) of your dough. The final rise at room temperature will also change depending on the temperature of your kitchen, and how much “lift” the starter provided during the 24 hour fermentation in the fridge. If you are new to bread baking, particularly using wild yeast, all these variables are intimidating. But if you’ve baked your share of sourdough breads, then consider making a batch of these baguettes, which taste incredibly good! The crumb is open, the taste surprisingly mellow, with an almost “sweet” component, hard to imagine in a sourdough.

You may have noticed that my individual baguettes ended with different types of crusts. The difference lies in how I generated steam during baking. Two baguettes were baked with an inverted roasting pan (sightly wet) on top: they developed a nice, shiny crust, with a “caramel” color. The other two baguettes were baked in a perforated pan, with steam coming from water poured in a cast iron pan placed at the bottom of the oven. Their crust is less shiny, but they had more oven spring. My favorite method is the inverted roasting pan, but it has a major drawback: I can only bake one baguette at a time.

If you dream of perfecting baguettes at home, you MUST try TxFarmer’s recipe. Many bakers already did, and raved about it (check the discussion at The Fresh Loaf Forum by clicking here).

I am submitting this post to Susan’s Yeastspotting event…

This slideshow requires JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de “sourdough starter” com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate’ que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, adicione o sal e o “sourdough starter” à massa e misture até ficar bem homogeneo. A massa sera’ bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o metodo de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentacao. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, e deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

Over the past two and a half years I became comfortable baking rustic breads using wild yeast. The baguette, however, gave me lesson after lesson in humility. Baguettes are deceptively simple to prepare, but if you seek a bread with Parisian quality, then each step of preparation must be flawless: bulk fermentation, shaping, final proofing, and baking. I’ve tried many recipes, but they never quite matched the superb baguettes of the 7th Arrondisement, where we used to live.

That all changed during our recent trip home. I was looking forward to baking a sourdough bread in our own kitchen, and decided on sourdough baguettes. I followed the detailed instructions of TxFarmer, one of the most accomplished bakers of The Fresh Loaf Forum, and voila‘, the baguettes from my own oven were just the way I’d hoped for…



TxFARMER’s 36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

(recipe found at The Fresh Loaf forum)

150 g very active sourdough starter (at 100% hydration)
425g all purpose flour
300g cold water
10g salt

Mix water and flour into a lumpy mass, cover and place in the fridge for 12 hours.

Remove from the fridge, add the starter and salt to the dough, and mix until distributed. The dough will be very sticky, but you should resist the temptation to add more flour. Allow it to rise at room temperature for 2 to 3 hours, kneading by the “stretch and fold method” every 30 minutes. The dough may rise about 30% of its total volume. Place the dough covered in the fridge for 24 hours.

Remove the dough from the fridge and let it warm up for 1 to 2 hours – you want it to rise but not get overly bubbly, because that will make shaping very tricky later. Divide the dough in four pieces, taking care not to deflate it too much. Place each piece over floured parchment paper, and let it relax for 40 minutes.

Shape each one as a baguette (for a nice tutorial, click here), proof for 30 to 50 minutes, and bake with initial steam at 460 F for 25 minutes.

Let it completely cool before slicing.

to print the recipe, click aqui

Comments: When Txfarmer described this recipe as “everything I know in one bread,” she meant it. She baked multiple batches to perfect it, and made it clear that you need a good “feel” for the dough to get good results. That’s why the initial stretch and fold cycle varies from 2 to 3 hours, depending on the ‘strength” (gluten development) of your dough. The final rise at room temperature will also change depending on the temperature of your kitchen, and how much “lift” the starter provided during the 24 hour fermentation in the fridge. If you are new to bread baking, particularly using wild yeast, all these variables are intimidating. But if you’ve baked your share of sourdough breads, then consider making a batch of these baguettes, which taste incredibly good! The crumb is open, the taste surprisingly mellow, with an almost “sweet” component, hard to imagine in a sourdough.

You may have noticed that my individual baguettes ended with different types of crusts. The difference lies in how I generated steam during baking. Two baguettes were baked with an inverted roasting pan (sightly wet) on top: they developed a nice, shiny crust, with a “caramel” color. The other two baguettes were baked in a perforated pan, with steam coming from water poured in a cast iron pan placed at the bottom of the oven. Their crust is less shiny, but they had more oven spring. My favorite method is the inverted roasting pan, but it has a major drawback: I can only bake one baguette at a time.

If you dream of perfecting baguettes at home, you MUST try TxFarmer’s recipe. Many bakers already did, and raved about it (check the discussion at The Fresh Loaf Forum by clicking here).

I am submitting this post to Susan’s Yeastspotting event…

This slideshow requires JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de “sourdough starter” com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate’ que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, adicione o sal e o “sourdough starter” à massa e misture até ficar bem homogeneo. A massa sera’ bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o metodo de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentacao. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, e deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

Over the past two and a half years I became comfortable baking rustic breads using wild yeast. The baguette, however, gave me lesson after lesson in humility. Baguettes are deceptively simple to prepare, but if you seek a bread with Parisian quality, then each step of preparation must be flawless: bulk fermentation, shaping, final proofing, and baking. I’ve tried many recipes, but they never quite matched the superb baguettes of the 7th Arrondisement, where we used to live.

That all changed during our recent trip home. I was looking forward to baking a sourdough bread in our own kitchen, and decided on sourdough baguettes. I followed the detailed instructions of TxFarmer, one of the most accomplished bakers of The Fresh Loaf Forum, and voila‘, the baguettes from my own oven were just the way I’d hoped for…



TxFARMER’s 36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

(recipe found at The Fresh Loaf forum)

150 g very active sourdough starter (at 100% hydration)
425g all purpose flour
300g cold water
10g salt

Mix water and flour into a lumpy mass, cover and place in the fridge for 12 hours.

Remove from the fridge, add the starter and salt to the dough, and mix until distributed. The dough will be very sticky, but you should resist the temptation to add more flour. Allow it to rise at room temperature for 2 to 3 hours, kneading by the “stretch and fold method” every 30 minutes. The dough may rise about 30% of its total volume. Place the dough covered in the fridge for 24 hours.

Remove the dough from the fridge and let it warm up for 1 to 2 hours – you want it to rise but not get overly bubbly, because that will make shaping very tricky later. Divide the dough in four pieces, taking care not to deflate it too much. Place each piece over floured parchment paper, and let it relax for 40 minutes.

Shape each one as a baguette (for a nice tutorial, click here), proof for 30 to 50 minutes, and bake with initial steam at 460 F for 25 minutes.

Let it completely cool before slicing.

to print the recipe, click aqui

Comments: When Txfarmer described this recipe as “everything I know in one bread,” she meant it. She baked multiple batches to perfect it, and made it clear that you need a good “feel” for the dough to get good results. That’s why the initial stretch and fold cycle varies from 2 to 3 hours, depending on the ‘strength” (gluten development) of your dough. The final rise at room temperature will also change depending on the temperature of your kitchen, and how much “lift” the starter provided during the 24 hour fermentation in the fridge. If you are new to bread baking, particularly using wild yeast, all these variables are intimidating. But if you’ve baked your share of sourdough breads, then consider making a batch of these baguettes, which taste incredibly good! The crumb is open, the taste surprisingly mellow, with an almost “sweet” component, hard to imagine in a sourdough.

You may have noticed that my individual baguettes ended with different types of crusts. The difference lies in how I generated steam during baking. Two baguettes were baked with an inverted roasting pan (sightly wet) on top: they developed a nice, shiny crust, with a “caramel” color. The other two baguettes were baked in a perforated pan, with steam coming from water poured in a cast iron pan placed at the bottom of the oven. Their crust is less shiny, but they had more oven spring. My favorite method is the inverted roasting pan, but it has a major drawback: I can only bake one baguette at a time.

If you dream of perfecting baguettes at home, you MUST try TxFarmer’s recipe. Many bakers already did, and raved about it (check the discussion at The Fresh Loaf Forum by clicking here).

I am submitting this post to Susan’s Yeastspotting event…

This slideshow requires JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de “sourdough starter” com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate’ que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, adicione o sal e o “sourdough starter” à massa e misture até ficar bem homogeneo. A massa sera’ bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o metodo de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentacao. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, e deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

Over the past two and a half years I became comfortable baking rustic breads using wild yeast. The baguette, however, gave me lesson after lesson in humility. Baguettes are deceptively simple to prepare, but if you seek a bread with Parisian quality, then each step of preparation must be flawless: bulk fermentation, shaping, final proofing, and baking. I’ve tried many recipes, but they never quite matched the superb baguettes of the 7th Arrondisement, where we used to live.

That all changed during our recent trip home. I was looking forward to baking a sourdough bread in our own kitchen, and decided on sourdough baguettes. I followed the detailed instructions of TxFarmer, one of the most accomplished bakers of The Fresh Loaf Forum, and voila‘, the baguettes from my own oven were just the way I’d hoped for…



TxFARMER’s 36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

(recipe found at The Fresh Loaf forum)

150 g very active sourdough starter (at 100% hydration)
425g all purpose flour
300g cold water
10g salt

Mix water and flour into a lumpy mass, cover and place in the fridge for 12 hours.

Remove from the fridge, add the starter and salt to the dough, and mix until distributed. The dough will be very sticky, but you should resist the temptation to add more flour. Allow it to rise at room temperature for 2 to 3 hours, kneading by the “stretch and fold method” every 30 minutes. The dough may rise about 30% of its total volume. Place the dough covered in the fridge for 24 hours.

Remove the dough from the fridge and let it warm up for 1 to 2 hours – you want it to rise but not get overly bubbly, because that will make shaping very tricky later. Divide the dough in four pieces, taking care not to deflate it too much. Place each piece over floured parchment paper, and let it relax for 40 minutes.

Shape each one as a baguette (for a nice tutorial, click here), proof for 30 to 50 minutes, and bake with initial steam at 460 F for 25 minutes.

Let it completely cool before slicing.

to print the recipe, click aqui

Comments: When Txfarmer described this recipe as “everything I know in one bread,” she meant it. She baked multiple batches to perfect it, and made it clear that you need a good “feel” for the dough to get good results. That’s why the initial stretch and fold cycle varies from 2 to 3 hours, depending on the ‘strength” (gluten development) of your dough. The final rise at room temperature will also change depending on the temperature of your kitchen, and how much “lift” the starter provided during the 24 hour fermentation in the fridge. If you are new to bread baking, particularly using wild yeast, all these variables are intimidating. But if you’ve baked your share of sourdough breads, then consider making a batch of these baguettes, which taste incredibly good! The crumb is open, the taste surprisingly mellow, with an almost “sweet” component, hard to imagine in a sourdough.

You may have noticed that my individual baguettes ended with different types of crusts. The difference lies in how I generated steam during baking. Two baguettes were baked with an inverted roasting pan (sightly wet) on top: they developed a nice, shiny crust, with a “caramel” color. The other two baguettes were baked in a perforated pan, with steam coming from water poured in a cast iron pan placed at the bottom of the oven. Their crust is less shiny, but they had more oven spring. My favorite method is the inverted roasting pan, but it has a major drawback: I can only bake one baguette at a time.

If you dream of perfecting baguettes at home, you MUST try TxFarmer’s recipe. Many bakers already did, and raved about it (check the discussion at The Fresh Loaf Forum by clicking here).

I am submitting this post to Susan’s Yeastspotting event…

This slideshow requires JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de “sourdough starter” com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate’ que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, adicione o sal e o “sourdough starter” à massa e misture até ficar bem homogeneo. A massa sera’ bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o metodo de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentacao. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, e deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

Over the past two and a half years I became comfortable baking rustic breads using wild yeast. The baguette, however, gave me lesson after lesson in humility. Baguettes are deceptively simple to prepare, but if you seek a bread with Parisian quality, then each step of preparation must be flawless: bulk fermentation, shaping, final proofing, and baking. I’ve tried many recipes, but they never quite matched the superb baguettes of the 7th Arrondisement, where we used to live.

That all changed during our recent trip home. I was looking forward to baking a sourdough bread in our own kitchen, and decided on sourdough baguettes. I followed the detailed instructions of TxFarmer, one of the most accomplished bakers of The Fresh Loaf Forum, and voila‘, the baguettes from my own oven were just the way I’d hoped for…



TxFARMER’s 36 HOUR SOURDOUGH BAGUETTES

(recipe found at The Fresh Loaf forum)

150 g very active sourdough starter (at 100% hydration)
425g all purpose flour
300g cold water
10g salt

Mix water and flour into a lumpy mass, cover and place in the fridge for 12 hours.

Remove from the fridge, add the starter and salt to the dough, and mix until distributed. The dough will be very sticky, but you should resist the temptation to add more flour. Allow it to rise at room temperature for 2 to 3 hours, kneading by the “stretch and fold method” every 30 minutes. The dough may rise about 30% of its total volume. Place the dough covered in the fridge for 24 hours.

Remove the dough from the fridge and let it warm up for 1 to 2 hours – you want it to rise but not get overly bubbly, because that will make shaping very tricky later. Divide the dough in four pieces, taking care not to deflate it too much. Place each piece over floured parchment paper, and let it relax for 40 minutes.

Shape each one as a baguette (for a nice tutorial, click here), proof for 30 to 50 minutes, and bake with initial steam at 460 F for 25 minutes.

Let it completely cool before slicing.

to print the recipe, click aqui

Comments: When Txfarmer described this recipe as “everything I know in one bread,” she meant it. She baked multiple batches to perfect it, and made it clear that you need a good “feel” for the dough to get good results. That’s why the initial stretch and fold cycle varies from 2 to 3 hours, depending on the ‘strength” (gluten development) of your dough. The final rise at room temperature will also change depending on the temperature of your kitchen, and how much “lift” the starter provided during the 24 hour fermentation in the fridge. If you are new to bread baking, particularly using wild yeast, all these variables are intimidating. But if you’ve baked your share of sourdough breads, then consider making a batch of these baguettes, which taste incredibly good! The crumb is open, the taste surprisingly mellow, with an almost “sweet” component, hard to imagine in a sourdough.

You may have noticed that my individual baguettes ended with different types of crusts. The difference lies in how I generated steam during baking. Two baguettes were baked with an inverted roasting pan (sightly wet) on top: they developed a nice, shiny crust, with a “caramel” color. The other two baguettes were baked in a perforated pan, with steam coming from water poured in a cast iron pan placed at the bottom of the oven. Their crust is less shiny, but they had more oven spring. My favorite method is the inverted roasting pan, but it has a major drawback: I can only bake one baguette at a time.

If you dream of perfecting baguettes at home, you MUST try TxFarmer’s recipe. Many bakers already did, and raved about it (check the discussion at The Fresh Loaf Forum by clicking here).

I am submitting this post to Susan’s Yeastspotting event…

This slideshow requires JavaScript.

CANTINHO BRASILEIRO

BAGUETTES DE 36 HORAS
(receita de TxFarmer)

150 g de “sourdough starter” com 100% de hidratacao
425g de farinha de trigo comum
300g (ml) de agua fria
10g de sal

Misture a água e a farinha em uma tigela, ate’ que fique uma massa nao muito homogenea. Cubra com plastico e coloque na geladeira por 12 horas.

Retire da geladeira, adicione o sal e o “sourdough starter” à massa e misture até ficar bem homogeneo. A massa sera’ bem pegajosa, mas resista à tentação de adicionar mais farinha. Deixe crescer em temperatura ambiente por 2 a 3 horas, usando o metodo de esticar e dobrar a massa a cada meia hora. A massa pode crescer cerca de 30% do seu volume total. Coloque a massa coberta na geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira e deixe aquecer por 1 a 2 horas. Divida a massa em quatro pedaços, tomando cuidado para não perder muito do volume adquirido durante a fermentacao. Coloque cada pedaço em papel manteiga polvilhado com farinha e deixe descansar por 40 minutos.

Forme cada um como uma baguette, e deixe fermentar por mais 30 a 50 minutos. Asse em forno bem quente por 25 minutos, usando vapor nos primeiros 10 minutos.


Assista o vídeo: Jura de Nacionalidad Española por residencia Qué debo hacer?


Comentários:

  1. Brainard

    O triste consolo!

  2. Dev

    Bravo, esse pensamento muito bom deve ser com precisão de propósito

  3. Etu

    Peço desculpas por interferir ... tenho uma situação semelhante. Pronto para ajudar.

  4. Tait

    Muito controverso, mas há algo para se pensar

  5. Grok

    Existe um site, com uma grande quantidade de informações sobre um tema que lhe interessa.

  6. Chepe

    Você está absolutamente certo. Neste nada lá e eu acho que isso é uma idéia muito boa. Concordo com você.



Escreve uma mensagem