ao.toflyintheworld.com
Novas receitas

O melhor restaurante mexicano em todos os estados

O melhor restaurante mexicano em todos os estados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


A comida mexicana é excelente em alguns lugares surpreendentes

iStock.com/andresr

Você pode pensar que é impossível encontrar uma grande toupeira de frango em Rapid City, Dakota do Sul, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Felizmente, estamos vivendo em uma era em que comida mexicana de alta qualidade está a uma curta distância de carro de quase todo mundo na América. Não acredita em nós? Então continue lendo para saber onde encontrar o melhor restaurante mexicano em cada estado e no Distrito de Columbia.

Para encontrar o melhor restaurante mexicano em cada estado, começamos por consultar classificações anteriores, incluindo os 75 Melhores Tacos da América. Em seguida, verificamos as classificações locais e pesquisamos sites de avaliação para ver quais deles obtiveram as melhores notas de moradores locais bem informados, e julgamos cada candidato com base na qualidade dos ingredientes, habilidade na preparação, nível de renome local e autenticidade. Alguma “fusão” era aceitável, mas o foco em ser o mais autenticamente mexicano possível era fundamental. Também demos às humildes taquerías a mesma consideração que os elegantes lugares para sentar e cantinas barulhentas.

A próxima vez que alguém lhe disser que você não consegue encontrar uma grande enchilada fora de um punhado de cidades, você pode lembrá-los de que, embora isso possa ter sido verdade 20 anos atrás, os tempos mudaram, e é algo pelo qual devemos ser. Muito grato.

Alabama: El Barrio (Birmingham)

O bairro badalado e popular de Birmingham, Alabama, El Barrio enche seu bar e mesas todas as noites com moradores em busca de coquetéis divertidos e pratos mexicanos criativos e emocionantes. Entradas populares incluem guacamole robusto, elote asado e empanadas de chouriço; Os “pratos grandes” incluem um pozole assassino e uma toupeira vermelha de frango; e outras ofertas populares incluem carne barbacoa quesadilla, tacos de carnitas e tamales de pato refogado apenas às quintas-feiras.

Alasca: El Dorado (Anchorage)

Pertencente e operado pela família Hurtados desde 1997, o aconchegante El Dorado se tornou uma instituição do Alasca, e não apenas porque um ótimo restaurante mexicano é uma anomalia por aqui. Aqui você encontrará todos os padrões, assim como alguns achados mais surpreendentes, todos feitos com cuidado: tostadas de camarão, carnitas, enchiladas suizas ou mole, carne asada, fajitas, burritos recheados com chile verde de porco e até menudo e lengua em molho de tomate-azeitona-chile.

Arizona: Barrio Café (Phoenix)

A chef Silvana Salcido Esparza do Barrio Café serve mais de 250 das melhores tequilas do México, mas ela certamente não precisa delas para convencer os clientes a frequentar seus três salões de jantar coloridos. De queso fundido a pozole verde, quesadillas de camarão a tortas cochinita pibil temperadas com achiote estilo maia assado lentamente, o Barrio Café oferece comida mexicana autêntica que tem encantado os arizonenses desde 2002.

Arkansas: Taquería El Palenque (Little Rock)

Escondida em um canto escondido de um shopping anônimo, a pequena Taquería El Palenque de Little Rock, Arkansas, está produzindo pratos mexicanos verdadeiramente autênticos para os habitantes locais conhecedores. Especialidades como enchiladas, carnitas e coquetel de camarão são frescas e saborosas, e tacos (que custam apenas US $ 1,49) estão disponíveis em sete opções de carne, variando de al pastor a buche (estômago de porco), e a carne grelhada asada é a perfeição.

Califórnia: Guelaguetza (Los Angeles)

Com a abertura do Guelaguetza em 1994, a família Lopez apresentou a Los Angeles a autêntica cozinha de Oaxaca. Agora, o número de restaurantes locais de Oaxaca supera apenas os da Cidade do México e da própria Oaxaca, e muito disso pode ser atribuído ao sucesso deste local em Koreatown. Com o nome do famoso festival tradicional de verão de Oaxaca, Guelaguetza é um destino durante todo o ano na Califórnia por seus tamales, memelas (bolos de fubá carnudos semelhantes a sopes), enchiladas não recheadas e, claro, toupeiras requintadas.

Colorado: Tacos Tequila Whiskey (Denver)

Originalmente um caminhão de tacos, o chef Kevin Morrison’s de Denver, Colorado, o famoso Tacos Tequila Whiskey dá um toque moderno comida de la calle (Comida de rua mexicana), junto com tequilas em pequenos lotes. Você vai querer começar com um pedido de queso fundido con chorizo ​​e batatas fritas caseiras, mas a partir daí fica mais difícil escolher. Carnitas? Pollo a la crema? Asada, lengua ou rajas con crema y maiz? Há também tacos de peixe empanados com pimenta e cerveja e camarões grelhados com frutas cítricas.

Connecticut: El Charrito (margem do rio)

Esta comunidade na famosa cidade chique de Greenwich, em Connecticut, pode ser o último lugar que você esperaria encontrar comida mexicana de verdade para viagem. Mas em El Charrito, Carlos e Alex Terrón, que também dirigem um popular food truck na vizinha (e mais hispânica) Stamford, trouxeram ao sudoeste de Connecticut um padrão de culinária mexicana normalmente encontrado apenas nas áreas urbanas do Texas ou Califórnia. A grande variedade de recheios de taco varia de frango, camarão e adobada de porco picante a orelha de porco, tripa e língua de vaca. Os tacos carnitas são típicos: duas saborosas tortilhas de milho cozidas no vapor com pedaços de porco crocantes, cebolas picadas, coentro e gomos de limão para espremer sobre tudo.

Delaware: El Pique (Wilmington)

Tiny Wilmington, Delaware, o buraco na parede El Pique é embalado diariamente, mas ainda é fácil de passar. Entre e você encontrará apenas algumas mesas e, atrás do balcão, uma plancha comandada por duas senhoras cozinhando uma variedade surpreendente de proteínas, incluindo cortes difíceis de encontrar como focinho de porco (trompa), cabeça de boi (cabeza), e uma combinação de todos os diferentes tipos de vísceras (surtida). O melhor é ir para a birria, feita com cordeiro. É super saboroso e incrivelmente macio, crocante na grelha e servido com cebola, coentro e três molhos à sua escolha.

Flórida: Talavera (Coral Gables)

O chef Oscar del Rivero supervisiona o melhor restaurante mexicano da Flórida, o Talavera, com um menu inspirado em ingredientes sazonais e viagens pessoais do chef ao México. Além dos destaques no menu diário, como queso frito, puntas chipotle e pambazo sliders, há uma grelha huarache preparada a la talla (com leve guajillo chile rub), um pozole diferente toda quinta-feira e uma salada César "tradicional" que dizem seguir o receita original de Tijuana.

Geórgia: El Rey Del Taco (Atlanta)

A excelente comida mexicana geralmente se resume à qualidade dos ingredientes; ou seja, tortilhas feitas à mão. Esse é um ponto de venda de El Rey Del Taco na Rodovia Buford, local de muitas das joias culinárias mais subestimadas da Geórgia. Prepare-se para carregar (o que mais?) Tacos, principalmente bochechas de boi (cabeza) e cabra (chivo), acompanhados por um copo de horchata gelado.

Havaí: Alejandro’s (Honolulu)

Alejandro Alvarado, nascido na Califórnia, cresceu comendo a culinária de seus pais salvadorenhos e mexicanos, e as receitas de sua família servem como base para o menu em seu destino Kalihi Valley, Havaí, apropriadamente apelidado de Alejandro's. As especialidades incluem carnitas, carne ou tacos de asada de carne cobertos com cebola, coentro e salsa verde; quesadillas; burritos; e tigelas. É um cardápio simples, mas é o melhor do estado.

Idaho: Tin Roof Tacos (Boise)

Quando duas irmãs do Texas perceberam que não conseguiam encontrar um bom taco de rua em Idaho, elas se uniram e o resultado foi o telhado de zinco. Cheio do charme do Texas (você encontrará muitos expatriados aqui tomando Shiner Bocks e assistindo ao jogo Texas A&M), o Tin Roof serve uma variedade de tacos criativos em tortilhas feitas sob encomenda em sua própria máquina de tortilha. Claro, alguns não são exatamente mexicanos autênticos (como um taco de frango frito com salada de repolho e fazenda jalapeño); mas alguns como o Tin Roof (carne de porco esfregada com achiote desfiado, abacaxi, coentro e cebola), peito (carne assada lentamente com queso fresco, coentro e cebola) e peixe (grelhado ou frito e coberto com crema de chipotle, repolho roxo e coentro) estão definitivamente elevando a barra da culinária em Boise.

Illinois: Topolobampo (Chicago)

Topolobampo deve o seu nome a uma cidade portuária no Golfo da Califórnia, no noroeste de Sinaloa. Neste primo um pouco mais sofisticado e ambicioso de seu popular Frontera Grill, Rick Bayless serve comida mexicana irresistível de um tipo não encontrado fora de alguns dos melhores restaurantes do próprio México, se é que mesmo lá. É difícil acreditar que esta instituição de Illinois tem agora mais de 25 anos. Os pratos são organizados em dois menus de degustação de cinco pratos, por US $ 95 e US $ 110, respectivamente. O que você pode esperar? Leitão assado crocante com toupeira de inverno; gorditas recheadas com huitlacoche e berinjela; uma sopa tradicional Azteca com frango grelhado na lenha; e wagyu carne assada com costelinha cozida lentamente e toupeira negra. Bayless também está servindo um menu de sete pratos “Férias na praia de inverno”, com pratos inspirados em cidades balneárias mexicanas, por US $ 140.

Indiana: Indy Tacos (Indianápolis)

Atrás da talvez mais modesta vitrine de Indianápolis, Indiana, esconda alguns tacos espetaculares no Indy Tacos, e a fila diária para fora da porta durante a hora do almoço prova isso. O menu é simples e direto, mas muda frequentemente para permitir alguns giros criativos, como frango com manga, bife poblano e tacos de peixe. Mas quando o taco de mole de frango estiver disponível, não perca: o frango é suculento e saboroso, e o mole negro caseiro é de primeira qualidade.

Iowa: Tacos Mariana’s (Des Moines)

Administrado por um nativo mexicano chamado Mariana, o minúsculo Tacos Mariana’s está servindo alguns tacos realmente legítimos para agradecidos moradores de Iowa. Embora as ofertas de Mariana variem de al pastor a frango, chouriço e língua, você não pode errar com carne assada grelhada e temperada perfeitamente, coberta com cebola e coentro e servida com rabanete fatiado e limão. E não deixe de experimentar o arroz com feijão, feito com feijão de maionese cozido lentamente.

Kansas: Taco Republic (Kansas City)

Taco Republic / Yelp

O discreto e convidativo Taco Republic é um dos lugares mais legais de Kansas City, Kansas - e um dos pátios mais populares. O divertido cardápio inclui itens como queso de cinco queijos, asas de lima tequila picante, tostadas de camarão grelhado e um frango de forno a lenha muito popular, mas os tacos são a estrela do show aqui. O Salazar (barriga de porco, salsa verde, coentro, cebola e chicharrónes) e Tecate Barbacoa (peito de cerveja e chile refogado com cebola e coentro) são os favoritos dos fãs, mas você tem que experimentar a clássica cochinita pibil cozida lentamente, marinada e porco assado coberto com cebolas vermelhas em conserva e tostones. É uma amostra do Yucatán no Kansas.

Kentucky: El Mariachi (Louisville)

Indo forte desde 1998, o casual e despretensioso El Mariachi, no centro de Louisville, está estragando os moradores de Kentucky com sua grande variedade de comida de rua mexicana autêntica, como tacos, tortas, gorditas, huaraches, tamales e sopesitos, bem como sopas caseiras e pratos como carne asada e mojarra frita (tilápia inteira frita). Os clientes podem escolher entre 11 recheios de taco, incluindo carne asada, chouriço, lengua, pastor, carnitas e costela.

Louisiana: Johnny Sanchez (Nova Orleans)

Quando chefs com o pedigree de John Besh e Aarón Sánchez se unem para abrir um autêntico restaurante mexicano na Louisiana, você pode apostar um bom dinheiro no resultado final ser espetacular. E por todas as contas, Johnny Sanchez está, embora Besh não esteja mais envolvido. Para ter uma boa ideia da quantidade de habilidade (e da qualidade dos ingredientes) em exibição aqui, comece sua refeição com um pedido de tacos de carne assada, feito com bife de saia grelhado perfeitamente cozido e coberto com um dois ponche de conserva jalapeño guacamole e pico de gallo fresco; e depois passe para enchiladas de carnitas de pato, cobertas com salsa verde, queso fresco e torresmos de pato.

Maine: Taco Escobarr (Portland)

Portland, Maine, não tem escassez de bons restaurantes (tem o maior número de restaurantes per capita do país, supostamente), mas se você perguntar aos locais onde fica o melhor restaurante de taco, eles dirão Taco Escobarr. Os tacos estão disponíveis em três variedades: tortilhas de milho macio, tortilhas crocantes fritas na chapa ou tacos fritos ao estilo San Antonio. O taco crocante é o vencedor do grupo; encha o seu com carne desfiada de poblano defumada e assada lentamente, queijo Chihuahua derretido, coentro e pico de gallo.

Maryland: Tortilleria Sinaloa (Baltimore)

O restaurante Tortilleria Sinaloa, sempre lotado em Baltimore, Maryland, está atraindo multidões para as tortilhas caseiras e recheios fartos e frescos. Não perca os tamales, pozole e tacos especiais de tilápia com molho de manteiga Old Bay, mas o destaque do menu é o al pastor, tenro e saboroso com pedaços de abacaxi grelhado misturados.

Massachusetts: El Sarape (Braintree)

Embora um subúrbio de Boston, Massachusetts, não seja o primeiro lugar que vem à mente quando você pensa em boa comida mexicana, El Sarape tem servido molhos do zero em seus ambientes aconchegantes desde que foi inaugurado em Braintree em 1988. Os destaques incluem carnitas, lombo de porco grelhado, enchiladas verdes e o guisado com chile ancho especialidade - sua escolha de frango ou carne com batatas e cebolas sob um molho de pimenta vermelha defumada com arroz e feijão frito, e os chiles rellenos.

Michigan: Taquería El Rey (Detroit)

O discreto sudoeste de Detroit, Michigan, gema El Rey é talvez mais conhecido por seu frango grelhado de adobo, cozido em uma enorme churrasqueira em forma de tambor pelo proprietário Chico Fuentes e seu filho, Sammy. Galinhas inteiras, servidas com arroz, feijão, tortilhas e salsa, custam apenas US $ 11,50 e são incrivelmente deliciosas. Tacos e tortas também são espetaculares, recheados com 10 recheios à sua escolha, incluindo pastor, asada, tripa, lengua e cabeza.

Minnesota: El Taco Riendo (Minneapolis)

El Taco Riendo está levando comida de rua da Cidade do México para Minneapolis, Minnesota, em um ambiente divertido e descontraído. Tostadas, tamales, sopes, enchiladas, burritos e chilaquiles atraem a multidão, mas os tacos, feitos com tortilhas produzidas pela tortilleria local La Perla, são realmente belos.

Mississippi: Green Ghost Tacos (Jackson)

Jackson, Mississippi, o ponto quente Green Ghost Tacos é administrado por San Luis, México, a nativa “Mama Yolanda”, e suas receitas foram transmitidas por gerações e preparadas em pequenos lotes. Burritos, tortas, empanadas, enchiladas, quesadillas, chile rellenos e nachos são espetaculares, e os tacos são servidos em tortilhas de milho, tortilhas de casca dura e tortilhas de farinha. Sugerimos que você opte pelas tortilhas clássicas de milho e as use como um recipiente para o espetacular chorizo ​​caseiro de Mama Yolanda.

Missouri: La Tejana Taquería (St. Louis)

Localizado dentro de um modesto centro comercial no Missouri, La Tejana é uma sala simples com um punhado de cabines e mesas, mas o que está saindo da cozinha é espetacular. A seleção de carnes disponíveis também é bastante marcante: bife, carnitas, cabeza (cabeça de vaca), língua, chouriço, tinga de frango, frango grelhado, al pastor, chicharrón e ocasionalmente cabra. Se você não consegue se decidir (e mesmo se puder), sugerimos que você vá para o campechano, que é o melhor de dois mundos: bife e chouriço, tudo misturado em um taco perfeito.

Montana: Taco Del Sol (Missoula)

Não há nada como um ótimo taco para parar você no meio de Missoula, Montana. Mas isso é exatamente o que você encontrará em Taco Del Sol, que tem um punhado de locais na cidade e outros postos avançados em todo o estado. Moderna e convidativa, esta taqueria inspirada na missão está forte desde 1997, servindo tacos em farinha macia, milho mole e cascas de milho crocantes. Embora os tacos de carne de porco desfiada e grelhados sejam ótimos, é o taco de peixe (bacalhau do Alasca assado, feijão, queijo ralado, salsa fresca, repolho ralado, molho branco, molho picante e jalapeños) que é uma sinfonia de delícias.

Nebraska: La Choza (Omaha)

Especialidades de El Salvador e do México estão em exibição no La Choza, onde especialidades salvadorenhas como pupusas e tamales envoltos em folhas de bananeira dividem a conta com a melhor comida mexicana de Nebraska. Para preparar o pastor, a carne de porco é marinada por três dias antes de ser grelhada com pedaços de abacaxi, e o resultado final é um taco estelar.

Nevada: Bonito Michoacan (Las Vegas)

Pode não ter o brilho dos pontos quentes mexicanos na Strip, mas Bonito Michoacan é um dos melhores restaurantes mexicanos de Nevada (e da América) por um motivo: ingredientes frescos, excelente execução, guacamole de mesa e tortilhas caseiras prensadas à mão. Todos os fundamentos são cobertos e a quantidade de cuidado colocada em cada componente resulta em uma comida espetacular.

New Hampshire: El Rincon Zacatecano Taqueria (Manchester)

El Rincon Zacatecano Taqueria é um local mexicano amado em Manchester, New Hampshire, que serve pratos clássicos mexicanos com atenção às nuances e autenticidade em um ambiente divertido e festivo. Não dá para errar, mas não perca algumas das especialidades do chef, como o Chiflando y Aplaudiendo, uma mistura de carnitas, carne bovina e cebolas caramelizadas com chouriço, servido com feijão frito, arroz, pico, guacamole e tortilhas .

Nova Jersey: Panchos Mexican Taquería (Atlantic City)

Localizado ao lado da lendária White House Sub Shop, o despretensioso Panchos Mexican Taquería foi aberto para atender principalmente aos funcionários dos cassinos locais de Atlantic City, New Jersey, mas rapidamente alcançou um nível de renome local quando o chef David Chang apareceu e a considerou “a melhor comida mexicana da Costa Leste” nas páginas de Lucky Peach, e quando o lendário chef Michael Solomonov da Filadélfia se apaixonou por ela em um episódio de “Vice Munchies.”Então, o que torna este lugar tão bom, exatamente? Por um lado, as tortilhas não são apenas caseiras, elas são feito sob encomenda. Em segundo lugar, os tacos e huaraches são recheados com uma grande variedade de proteínas habilmente preparadas, como bife, frango, peito, cabra, tripa, chouriço e carnitas. E em terceiro lugar, suas enchiladas mole poblano são uma mudança de vida. Não tente ligar; eles não atendem muito o telefone. Apenas vá.

Novo México: El Modelo (Albuquerque)

Em 1929, Carmen Garcia começou a usar um dos três cômodos de sua casa como fábrica de tortilhas; ela acordava e fazia ela mesma a partir das 2 da manhã para poder vendê-los no café da manhã. Ela acrescentou tamales, depois expandiu o negócio com seu filho em 1945, ajudando a transformá-lo na instituição do Novo México que é hoje. Agora de propriedade de Virginia Chittim, o El Modelo ainda faz tortilhas e tamales dignos de rave, junto com enchiladas, burritos, tostadas e sopapillas - muitos deles apresentando os chiles vermelhos e verdes característicos do Novo México.

Nova York: Cosme (cidade de Nova York)

Cosme, o estabelecimento de sucesso de Nova York inaugurado no final de 2014 por Enrique Olvera, chef-proprietário do conceituado Pujol da Cidade do México, ninguém é a ideia de um "restaurante mexicano". Não há concessões às expectativas ianques. Palavras como tostada, aguachile e barbacoa aparecem no menu, mas não se conectam com comida que se parece com o que eles sugerem. Se você está com vontade de fazer fajitas e pratos combinados, procure outro lugar. O cardápio do Cosme, baseado em ingredientes de origem local e também importado do México, é apenas uma boa comida imbuída de sabores mexicanos inconfundíveis, independentemente de como seja feito e como possa parecer. O menu em constante evolução oferece delícias inesperadas como tostadas de mexilhão com pés de porco e pepino mexicano, cobia em vez de porco al pastor, esquites (geralmente um lanche de rua de milho salteado) feito com espelta e castelrosso radicchio e polvo crocante com batatas em conserva em mole de avelã. E em hipótese alguma os visitantes devem perder as carnitas de pato, um cardápio básico, rico, crocante e tenro, e grande o suficiente para três ou quatro pessoas compartilharem.

Carolina do Norte: Super Taquería (Durham)

Ian Maren C./Yelp

O hiperlocal Super Taquería em Durham, Carolina do Norte, é mais conhecido e talvez mais amado por suas tortas e seu bar de salsa. As tortilhas são caseiras e a carne asada faz com que os clientes voltem para mais. Os tacos de pollo e os tacos al pastor são populares entre os clientes locais, assim como o ceviche do restaurante e outras especialidades.

Dakota do Norte: La Carreta (Bismarck)

La Carreta tem tudo o que você procura em um clássico restaurante mexicano de estilo americano e serve os famintos Bismarck, Dakota do Norte, locais há mais de 15 anos. É discreto e convidativo, com cabines de encosto alto, ótimas margaritas e nachos, burritos, enchiladas e fajitas de primeira linha (também há 20 pratos de combinações diferentes, se você não conseguir se decidir). Pratos tradicionais mexicanos como arroz con mariscos, chilaquiles e guisado de puerco completam o menu.

Ohio: Barrio (Cleveland)

Amado Downtown Cleveland, Ohio, o bairro popular Barrio confia em seus hóspedes para criar seus próprios tacos ideais com uma seleção de recheios, incluindo bife marinado com Coca-Cola, carne assada, chouriço caseiro, porco desfiado, bacon, camarão com creme de alho, cogumelos portobello grelhados , apple jicama slaw e Western Reserve defumado cheddar, mas sugerimos que você deixe os mestres construírem para você e escolher entre uma variedade de “El Jefe's Selecciones”. Não perca o picante Carne Trozo: carne assada, cheddar defumado, alface, tomate, coentro, cebola, molho de milho, molho verde e molho secreto em uma casca dura. É uma festa com uma mordida. Barrio é tão popular, na verdade, que gerou quatro locais adicionais em Ohio e outro em Portsmouth, New Hampshire).

Oklahoma: Tarahumara’s Mexican Café & Cantina (Norman)

Se você está procurando a melhor comida mexicana de Oklahoma, dirija para o sul de Oklahoma City até chegar a Norman e pare na Tarahumara's, uma charmosa cantina familiar. A comida mexicana rústica e saudável aqui é feita com ingredientes de alta qualidade de receitas que datam de gerações anteriores. Certifique-se de experimentar a espetacular toupeira de frango, tamales, enchiladas suizas, costelas de porco super-tenras com molho de pimenta vermelha e pimenta Colorado rica.

Oregon: Tienda Y Panaderia Santa Cruz (Portland)

Taienda y Panaderia de La Santa Cruz é conhecida por trazer comida mexicana autêntica para a bela cidade de Portland, Oregon. Para chegar à taquería real, você deve entrar em uma loja (tienda) e ir direto para os fundos. O cardápio é composto por itens como prato lengua (língua de boi), tacos, burritos e camarones rancheros, entre outros pratos. As especialidades têm preços razoáveis, com tacos que variam de US $ 1 a US $ 1,50 e burritos de US $ 3,50 a US $ 4,00. Huaraches, outra especialidade da casa, são massas formadas em uma forma oval longa e cobertas com feijão, alface, queijo e carne.

Pensilvânia: Distrito (Filadélfia)

O chef de ferro equatoriano Jose Garces, nascido em Chicago (que dirige alguns dos restaurantes mais aclamados da Filadélfia, Pensilvânia, como Amada, Village Whiskey e Volver), serve nachos, ceviches, huaraches, tamales, enchiladas e toupeiras no Distrito que os Filadélfia reconhecem como alguns dos as versões mais satisfatórias da Costa Leste. O enorme restaurante um tanto vistoso, rosa e barulhento é dedicado à culinária da Cidade do México, que é uma rica fonte de inspiração.

Rhode Island: Taquería de Tallulah (Providência)

Uma lufada de ar fresco na cena culinária de Providence, Rhode Island, Tallulah's está servindo pratos mexicanos clássicos preparados com mão hábil em um espaço moderno. Tacos, burritos, tortas, tigelas e quesadillas podem ser recheados com 11 recheios à sua escolha (bem como ingredientes para o café da manhã) e, embora você não possa errar com al pastor, barbacoa, batata frita com chipotle ou camarão ou peixe grelhado , não perca os carnitas: barriga e ombro de porco assados ​​lentamente, servidos (como todos os tacos) em uma tortilla de milho com guacamole, cebola, coentro, molho, rabanete e limão.

Carolina do Sul: Minero (Charleston)

Quando o chef Sean Brock (famoso por Husk) decide voltar sua atenção para a comida mexicana casual, você sabe que o resultado final será espetacular. E no Minero, é (embora Brock tenha mudado para Nashville e não esteja mais envolvido em seu grupo de restaurantes na Carolina do Sul). Queso fundido, tacos al pastor, carnitas de porco com salsa verde e carnitas sazonais, tacos de camarão assado com pepino-jicama slaw e salsa morita ... não importa o que você pedir, você não pode errar.

Dakota do Sul: Sabor A México (Rapid City)

Acredite ou não, você pode encontrar ótimos tacos a poucos passos do Monte Rushmore, em Black Hills, em Rapid City, Dakota do Sul. Basta descer a East North Street até chegar ao pequeno e despretensioso Sabor A Mexico, onde você encontrará Ana Line Munoz, nativa de Michoacán, cozinhando suas tradicionais receitas de família na cozinha. Molhos, tamales e sopes feitos à mão são definitivamente para agradar ao público, mas certifique-se de provar alguns tacos, especialmente a toupeira de frango, com um molho trabalhoso feito à mão por Munoz.

Tennessee: Las Tortugas (Memphis)

Jose “Pepe” Magallanes abriu o Las Tortugas em Memphis, Tennessee, em 2003 para preservar a integridade da culinária e da culinária mexicana, recusando-se a americanizar o processo ou apresentação. Ele se limita a utilizar métodos tradicionais de cozinhar e montar a cozinha. O menu apresenta diversas variedades de tortuga, um pão recém-assado que é então escavado à mão e grelhado e recheado com carne de vaca, porco ou frango e guarnecido com abacate, tomate roma, queso fresco, alface picada, pimentão poblano, doce fatiado cebola e uma pasta de feijão de alho. Outro prato favorito do cardápio são os carnitas tradicionais da Cidade do México, ombro de porco Berkshire assado em uma panela de cobre “olla” com laranja inteira, louro, jalapeño, limão e pimenta da Jamaica.

Texas: Hugo’s Regional Mexican Cuisine (Houston)

O Hugo's foi inaugurado em 2002 em um edifício restaurado de inspiração latina projetado por Joseph Finger (também responsável pela prefeitura em estilo art déco) e iniciou uma abordagem regional diversa da comida mexicana. O chef Hugo Ortega, vencedor do prêmio James Beard de 2017 de Melhor Chef: Southwest, cozinha pratos elegantes, criativos e inspiradores. Peça a muito proclamada barbacoa de cordeiro assada no alho e pimenta e depois assada lentamente no agave, e, apenas pelo nome, o manchamanteles, descrito no menu como o “corante de toalha de mesa”, uma toupeira doce cozida com carne de porco e frango. Hugo - e seu restaurante - são instituições do Texas.

Utah: Red Iguana (Salt Lake City)

Um dos restaurantes mais populares de Salt Lake City, Utah (devido em grande parte a um artigo em "Diners, Drive-Ins e Dives"), o Red Iguana foi esbanjado com mais prêmios do que você pode contar, e agora estamos nomeando-o oficialmente como o melhor restaurante mexicano de Utah. E não é apenas exagero: este lugar é muito, muito bom. Fundado em 1985 por Ramon e Maria Cardenas, que abriam restaurantes desde 1965), hoje é administrado por seus filhos, que continuam a usar as receitas mexicanas autênticas testadas e comprovadas de suas famílias. O enorme menu oferece seis moles diferentes (cada um meticulosamente feito à mão), carne de porco mergulhada em molho de pimenta vermelha ou verde, cochinita pibil assada lentamente; oito enchiladas, uma variedade de tacos e burritos e alguns pratos de café da manhã ultrajantes, entre dezenas de outras especialidades. Se você mora em Salt Lake City e não é regular aqui, reconsidere.

Vermont: El Gato Cantina (Burlington e Essex Junction)

El Gato está proporcionando aos residentes de Vermont um ambiente divertido e descontraído para desfrutar de algumas margaritas e alguns pratos mexicanos de alta qualidade feitos com ingredientes locais e baseados nas antigas receitas de família dos proprietários. Tamales são caseiros; tacos e burritos estão disponíveis com proteínas, incluindo carne assada marinada, carnitas refogadas lentamente, toupeira de frango, carne barbacoa, língua refogada e peixe grelhado ou frito; fajitas; e um pozole assassino.

Virgínia: Taquería Tres Reyes (Manassas)

O modesto Tacos Tres Reyes em Manassas, Virginia, está completamente fora do radar, mas muito digno de uma peregrinação. A comida aqui é essencialmente impecável, representações perfeitas da cozinha mexicana caseira. Huaraches, chiles rellenos, crisp gortitas, frango mole enchiladas, cemitas, tacos, tortas, frangos assados, sopas, peixe frito, coctel de camarones, barbacoa, cecina, carne asada ... Tres Reyes é como uma lista dos maiores sucessos pratos mexicanos lendários, e cada um acerta na mosca.

Washington: Mezcaleria Oaxaca (Seattle)

A família Dominguez administra dois dos melhores restaurantes mexicanos de Seattle, o La Carta de Oaxaca e o Mezcaleria Oaxaca. No último, experimente os chips de tortilla, que são fritos na hora e servidos com guacamole ou feijão-frade, frango embrulhado em folha de bananeira ou tamales de porco. Mas a matriarca e chefe de cozinha Gloria Perez se tornou mais famosa por ela barbacoa de cabrito, cabra marinada no chile e assada lentamente servida com feijão e massa de milho.

Washington, D.C .: Oyamel

O chef e humanitário espanhol José Andrés é conhecido por sua dedicação em aprender a culinária de outras culturas. Como ele observou em 2013: “Foram os navios galeões do rei Filipe II da Espanha que conectaram esses dois mundos há centenas de anos. Esses navios espanhóis permitiam a troca de alimentos, pratos, histórias e tradições ”. Ele passou um tempo no México antes de abrir o Oyamel em Washington, D.C., em 2004. As refeições começam como deveriam - com salsa e batatas fritas de cortesia, feitos na hora e fritos todos os dias. Continue com Antojitos (“Os petitinhos da rua”), papas al mole e tacos com tortilhas artesanais, principalmente chapulines - a especialidade de Oaxaca de gafanhotos salteados - se você ousar.

West Virginia: Maria’s Taquería (Shepherdstown)

A nativa da Virgínia do Norte, Maria Allen, abriu o Maria’s Taquería por um capricho após se formar na Shepherd University da Virgínia Ocidental, e se tornou um ponto de acesso quase que imediatamente, necessitando de uma mudança para escavações maiores. O motivo? A comida aqui é fresca, feita à mão e saborosa, e há um menu extenso que deixará qualquer pessoa feliz. O taco de peixe é um verdadeiro prazer para todos em particular: bacalhau frito crocante é enfiado em uma tortilla de farinha macia e coberto com coentro, jalapeño aioli e repolho repolho picante.

Wisconsin: Taquería Guadalajara (Madison)

A pequena e despretensiosa Taquería Guadalajara, localizada a um quarteirão de Madison, em Wisconsin, Monona Bay, é uma instituição amada em uma cidade não conhecida por sua diversidade culinária e, durante os horários de pico, a fila pode esticar-se porta afora. O segredo do seu sucesso? Usando todos os ingredientes frescos e fazendo todas as suas proteínas em pequenos lotes. Isso fica mais evidente na suculenta assada de carne feita com carne local de alta qualidade e grelhada até um meio perfeito.

Wyoming: San Juan (Jackson)

There’s actually no shortage of decent Mexican spots in Wyoming, and the best of all is San Juan, formerly known as Sanchez. Owners Maria and Rigoberto Sosa, who hail from Guerrero, Mexico, and purchased the restaurant from its previous owners in 2014 after working there for 12 years, transformed the space from a taquería into a full-service Mexican restaurant, taking over the adjacent outdoor seating area and acquiring a liquor license. Peek into the kitchen and you’ll see the Sosas turning out dishes from their old family recipes, including tacos, enchiladas, tortas, quesadillas, and other iconic street foods that everyone should try.

More From The Daily Meal:

The Best Food and Drink in Every State

15 Foods You’ve Been Cooking Wrong This Entire Time

The Best Special Occasion Restaurant in Every State

The 101 Most Iconic Restaurant Dishes in America

The Best Italian Restaurant in Every State


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.


Best Mexican Restaurants in the U.S.

The menu at D.C.&rsquos Oyamel has several pages devoted to drinks, but not a single frozen margarita. Instead, diners can expect limited-edition mezcal, as well as fries in mole sauce and tacos with chapulines (sautéed grasshoppers).

Chef José Andrés&rsquos consistently packed restaurant is proof that our appreciation of the varied regional cuisines of Mexico has come a long way. Such Oaxaca-inspired dishes, once hard to find in the U.S., are increasingly considered mainstream. And while authenticity is prized, some of the country&rsquos most highly regarded chefs have also turned their attention and creativity to Mexican, which has become somewhat of a cuisine célèbre.

Oklahoma-born chef Rick Bayless was an early champion, and his high-end Mexican restaurant Topolobampo in Chicago serves cochinita pibil, a slow-roasted dish typical of the Yucatán Peninsula. In New York, other high-profile chefs like Alex Stupak of Empellón Cocina and April Bloomfield of Salvation Taco are generating buzz for pushing the cuisine&rsquos limits (case in point: guacamole with guanciale, sea urchin, and pistachio).

Still, when it comes to quality Mexican food in the U.S., two forces dominate: California with its fish tacos, super-fresh ingredients, and Mission burritos and Texas, which spawned Tex-Mex and a more recent crop of more traditional restaurants devoted to, say, Mexico City or Veracruz. Chef Hugo Ortega of Hugo&rsquos in Houston has been nominated for a 2013 James Beard Award for creations like his lamb barbacoa braised in garlic and chiles then slow-roasted in agave.

At least as coveted as a table at Hugo&rsquos is a tamale from Las Cuatro Milpas, known for long lines in San Diego, or a taco and cool glass of horchata from El Rey Del Taco along Atlanta&rsquos Buford Highway. These favorite Mexican places share a commitment to quality ingredients, tortillas and salsas that are house made, and the right ratio of chiles and complex seasonings&mdashoften resulting in a fiery kick.

Check out our picks, and share your go-to Mexican restaurant in the comments below.



Comentários:

  1. Windgate

    Como não poderia ser melhor!

  2. Julius

    Sério?

  3. Morse

    Que tópico adorável

  4. Lionel

    Eu concordo, uma informação muito boa

  5. Arashidal

    Você é sério?



Escreve uma mensagem